quinta-feira, janeiro 05, 2012


Tô Do Boa Na Lagoa! com N. Medeiros

2
Olá leitores do D.G! Vim aqui avisar que to meio sem tempo pra postar aqui :| E como a Lorrena também parou de postar, fiquei meio sem graça. Então vim aqui avisar a vocês que eu posto sempre no meu blog. O Tô De Boa Na Lagoa :) Então corre lá, segue e comenta! (POR FAVOR)... Um grande beijo, e até mais :)
#BEEIJOBEEIJO;*

domingo, novembro 13, 2011


Um breve Adeus.

2
Oii gente, queria agradecer pelas leitoras que ainda passam pelo meu blog e que muitas vezes se decepcionam porque faz mais de 3 meses que não posto nada, quem quiser acompanhar meus textos , QUEM REALMENTE GOSTA NÉ, pode acessar http://loreenacampos.tumblr.com/  que por la eu ainda vou postar.

O Different Girls foi uma parte muito bonita da minha vida mais o qual eu já não me pertence mais, obrigada por tuuudo !Beijitos *-*

domingo, novembro 06, 2011


A Verdade Sobre o Amor | N. Medeiros

0
“Amar dói tanto que você fica humilde e olha de verdade para o mundo, mas ao mesmo tempo ficagigante e sente a dor da humanidade inteira. Amar dói tanto que não dói mais, como toda dor que de tão insuportável produz anestesia própria.”
(Tati Bernardi)
Faz tanto tempo que não posto aqui né? Acho que também nem sentiram muita falta, rs. Bom, só passei aqui mesmo pra não dizer que esqueci do D.G e também pra pedir que vocês deem uma olhadinha no meu blog, o
Então, é só isso por hoje pessoal. Um grande beijo e até mais ;*

terça-feira, setembro 06, 2011


Tudo Me Lembra Você | N. Medeiros

11
Acordei. Estava muito frio então decidi ficar mais alguns minutos debaixo do cobertor. Só que ficar sem fazer nada me lembra algo. Aqueles dias em que eu estava mal e você me obrigava a levantar do sofá e ir tomar um suco. Se eu falar que não sinto saudades disso, estarei mentindo. Mas também, tudo o que aconteceu não foi por acaso. Se eu ti perdi pra alguém, quer dizer que você também não estava tão afim de mim.
ILUSÃO é @#$&!...

quinta-feira, julho 28, 2011


Sobre amores ...

3

Gosto de coisas impossíveis, de coisas sem noção, porque o que é normal pra mim não é interessante, o que é estranho é o que me define, que me atrai, o que me inspira, já disseram por aí que o nome disso é rebeldia, mais eu não concordo, só porque não sou o tipo de garota que sonha com príncipes encantados e sapatinhos de cristal.

Não quero noites geladas com um amor e chocolate quente e logo depois uma manhã vazia porque tudo não passou de um romance bobo, não quero ser perdidamente apaixonada por alguém e depois ser jogada como se joga qualquer coisa descartável, se isso é sonho pra você, se ser objeto pra alguém é ser amada, me desculpe mas prefiro ficar aqui no meu canto, onde ninguém me incomoda, onde eu tenho liberdade.

E não pense você que quero passar a vida toda sozinha, só que sonhar sem os pés no chão é perigoso demais e a decepção então pode ser inevitável, eu me amo demais pra deixar que alguém chegue assim do nada e estrague minha felicidade, se quiser me amar, me ame mais do que eu mesma posso me amar, como já disse, não quero uma vida solitária, só quero um amor sem pressões, sem exigências, sem obrigações, algo que me complete e algo em que eu possa completar e não que me despedace, um amor que esteja aqui, sem perfeições, sem muitos planos.

Chega de fogo de palha, sem amores platônicos por favor.

segunda-feira, julho 18, 2011


Meu jeito de te amar

9
 
  Espero ser o suficiente, é realmente isso que eu quero, e o que tem me magoado é sentir que não sou, mesmo que só as vezes, mesmo assim eu sinto que ainda falta.

  Suficientemente responsável, suficientemente carinhosa, suficientemente compreensiva, suficientemente apaixonada, suficientemente bonita, suficientemente atraente, suficientemente prendada, suficientemente prendada, ser suficiente pra te merecer,  mesmo que eu sinta que ainda falta.

 Não quero ser nada que te sufoque, nada que te falte, nada que te magoe, nada que te irrite, nada que te maltrate, nada que de despreze, nada que te enfraqueça, nada que te dê tristeza, nada que não te ame, é meu amor, eu realmente tenho tentando, mesmo assim eu sinto que ainda falta.

 Mais tenho percebido que você não gosta, porque sempre que tento ser tudo isso, eu meto os pés pelas mãos, e você me diz que não é assim, que tenho ser quem realmente o que sou, que forçado não vale a pena, e eu já nem sei o que você quer, diz que me ama do jeito que sou, mais na primeira briga diz que eu tenho que mudar, afinal de contas, o que realmente você quer !?

 Talvez a pergunta, não seja essa, talvez a pergunta seja quem eu realmente sou, e será que você me ama assim !? Marrenta, chata, estúpida, burra, gorda e quantos adjetivos me couberem nessa situação.
 Mais é desse meu jeito que eu te amo, desculpa mais vai ser sempre assim, porque não conheço outra forma.

quarta-feira, julho 13, 2011


Sua ausência e algumas rosas

6
Fechou a porta, e agora mesmo que eu implorasse ele não ia ficar, ver o mundo desabar de repente não era o tipo de espetáculo que eu gostava de assistir, mais não poderia evitar, aquele era o fim. Talvez se tivesse ouvido meus pais, não estaria aqui nesse chão, com o coração machucado por alguém que eu sempre jurei que merecesse todo esse amor, amor esse que agora de nada me serve, que foi jogado no lixo.

Não sei se ele fechou aquela mala e atravessou aquela porta para resolver meus problemas, ou só pra começar todos eles, eu não sei, só sei que ele se foi.

Olhando para o canto esquerdo daquela velha estante encontro um bilhete, e ao lado dele um buquê de rosas vermelhas, ele lembrou que eram as minhas preferidas, fiquei por alguns segundos agoniada de tanta dor, e ao mesmo tempo ilhada de lembranças, olhei novamente o bilhete e tinha escrito:

" Estou te deixando, mais não porque não te amo, é exatamente por te amar que eu sei que não tenho feito você feliz, a dor que você sente agora, não é nada comparado a tudo que eu fiz de ruin pra você, como pedido de desculpas deixo a você a minha ausência e algumas rosas "

E foi o que me restou, a sua ausência e algumas rosas.


| Nem sempre iremos encontrar paz no presente,  
Nem sempre lembranças são dolorosas,  
relembrar não é reviver,  
as recordações apenas te consolam. |
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...